Barra de vídeo

Loading...

4 de fev de 2013

A VIDA NO ALTAR


“Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.
 (Romanos 12:1-2)

            No Antigo Testamento, o povo de Deus oferecia sacrifício sobre um altar. Esses sacrifícios tinham o propósito de agradecer a Deus e também de pedir perdão pelos pecados. O altar também era usado como marco de algo extraordinário que Deus fez em favor do seu povo.
            No Novo Testamento, não há mais necessidade de se oferecer sacrifício no altar, porque Jesus Cristo já fez o sacrifício final, o único que agradou e satisfez a justiça de Deus. Assim como Cristo se entregou no altar, para cumprir a vontade de Deus, nós também devemos seguir os seus passos, entregando nossas vidas no altar de Deus.
            Paulo está dizendo que devemos oferecer nossas vidas em sacrifício a Deus. A diferença em relação aos sacrifícios do Antigo Testamento é que aqueles sacrifícios eram mortos no altar, e a Bíblia nos está exortando a oferecermos um sacrifício vivo. O que aprendemos aqui é que a nossa vida toda deve estar no altar, mas não morta e sim bem viva, com a vida de Cristo em nós para serviço de Deus. Ele conta comigo e com você e espera que seus filhos façam a Sua vontade.
            Quando você coloca a vida no altar, começa experimentar o descanso de uma vida entregue nas mãos de Deus. Não somente isto, mas verá a mão de Deus sobre a sua vida, e ficará surpreso em ver Deus usando você para abençoar a outras vidas. Faça agora mesmo uma entrega total de tudo que você é, e tudo que você tem, no altar de Deus.