Barra de vídeo

Loading...

28 de jan de 2013

ENCHEI-VOS DO ESPIRITO SANTO


“E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, 
mas enchei-vos do Espírito”. (Efésios 5:18)

Há alguns detalhes muito importantes neste texto: Primeiro, entendemos que é uma ordem, pois a posição verbal na língua original indica um imperativo: “Enchei-vos”. Fica claro que é um mandamento de Deus e não uma opção.
O segundo detalhe é que o texto indica também uma ação contínua. A melhor tradução seria: encham-se, permaneçam cheios e continuem enchendo-se do Espírito Santo. Então, não significa ter apenas uma experiência isolada, mas viver constantemente controlado e fortalecido pelo Espírito Santo.
Daí, concluímos que o crente que não vive cheio do espírito Santo está em pecado e fora da vontade de Deus. Deus sabe das nossas fraquezas e falta de condições para executar sua obra. Ele nos mandou fazer discípulos de todas as nações, e por isso nos capacitou com a presença do Espírito Santo, que nos dá a unção para realizarmos a obra. Deus quer que todos os seus filhos sejam cheios do Espírito Santo, e este poder capacitará o crente a ter uma vida de vitória e também produzir fruto para a glória de Deus. Você está cheio do Espírito Santo? O fruto do espírito (Gálatas 5:22) tem sido produzido em sua vida? Você sente fome e sede de Deus e sua Palavra? Você está ganhando almas para Cristo? Oh, como precisamos ser cheios do Espírito Santo! Assim a vida cristã torna-se uma aventura. Os princípios da Palavra de Deus facilmente serão aplicados em nossas vidas. O nosso testemunho será um instrumento nas mãos de Deus para abençoar outras vidas. Tudo como resultado da presença e poder do espírito Santo em nós.
Muitos cristãos, quando oram pedindo a Deus que os encha com o Espírito Santo, ficam esperando alguma emoção, e se não sentem nada, crêem que Deus não respondeu à sua oração. Precisamos aprender a ser cheios do espírito Santo pela fé, e não depender das emoções. Se você está com a vida limpa diante de Deus, tem a motivação correta e ora sinceramente, creia que Deus respondeu, e receba pela fé o poder do Espírito Santo, e creia que Ele está agindo em sua vida.

26 de jan de 2013

NOVO E-MAIL

Atenção!

Nosso e-mail agora mudou. Precisando entrar em contato conosco,
envie um e-mail para: ibcbr2013@hotmail.com

Obrigada

11 de jan de 2013

Murmuração


         Afinal, o que quer dizer ‘‘murmuração’’? Segundo o Dicionário Aurélio: dizer mal; maldizer; conceber mau juízo; falar (contra alguém ou algo); criticar; conversar, difamando ou desacreditando. E o que nos leva a murmurar?  ansiedade; falta de fé; falta de sabedoria; falta de conhecimento da Palavra de Deus. Vamos entender o que acontece quando murmuramos: quando começamos a murmurar é sinal de que estamos duvidando de Deus; é porque a nossa fé está fraca; acabamos dando brecha para o inimigo, e é isso que ele quer.
Não se engane, o caminho da murmuração é a perdição e a ruína. É semente do próprio demônio plantada no coração daquele que não quer ser humilde. Troque a murmuração pelo louvor, pela adoração!
A murmuração é a declaração de insatisfação para com Deus. A murmuração quase sempre descamba numa reclamação contra Deus. Revela o baixo nível da espiritualidade do murmurador, sua falta de gratidão, sua falta de respeito, sua falta de sabedoria, sua falta de fé.  A murmuração, além de não resolver, só agrava o problema, e é uma declaração antecipada de derrota. É uma afirmação de incredulidade. Quando murmuramos, estamos dizendo de forma indireta para Deus que não confiamos nele, nem nos seus propósitos.  É difícil não ficarmos ansiosos, é muito difícil, mas devemos descansar em Deus e confiar. Basta confiar nesse Deus que tudo pode. Nunca duvide do poder de Deus. É justamente em circunstâncias difíceis que percebemos como é grande o poder de Deus, para sua honra e glória. Nunca duvide do amor de Deus.   O amor de Deus por você é incondicional. Ele o amará em todas as circunstâncias. Nunca murmure diante de Deus. Quanto mais você murmurar, mais demorará a libertação de Deus para sua vida. Anote e coloque em prática a recomendação de Paulo aos filipenses: ‘‘Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas; Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual  resplandeceis como astros no mundo.’’ (Filipenses 2:14-15)
       
                                                                      (Transcrito do Boletim Esperança)

4 de jan de 2013

FIÉIS ATÉ O FIM


“Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma. Porque muito me alegrei quando os irmãos vieram, e testificaram da tua verdade, como tu andas na verdade. Não tenho maior gozo do que este, o de ouvir que os meus filhos andam na verdade. Amado, procedes FIELMENTE EM TUDO O QUE FAZES para com os irmãos, e para com os estranhos, Que em presença da igreja testificaram do teu amor; aos quais, se conduzires como é digno para com Deus, bem farás.’’ (3 João 1:1-6) 

Pensando no título acima para este primeiro momento do novo ano, fiz uma ligação direta com os elogios do apóstolo João a Gaio, um crente comum, destacado por sua dedicação, seu amor e sua obediência, fazendo a diferença com uma vida marcada pela fidelidade à Deus, a família e a sua igreja. FIDELIDADE é a palavra de desafio para iniciarmos mais um período de nossas vidas. Sempre que começamos um novo ano, juramos ‘‘de pés juntos’’ que seremos melhores, derramamos lágrimas de arrependimento (ou remorso) pelas bobagens que fizemos no ano que passou, pedimos perdão a quem ofendemos, etc..., mas, a medida em que o tempo passa, parece que esquecemos tudo e continuamos agindo muitas vezes até pior do que antes. Que pena! O nosso dicionário define fidelidade como a qualidade de fiel, e ser fiel é ser digno de confiança, leal, honrado, que não falhe, seguro, pontual, exato, verídico. Todas essas qualidades só tem valor se houver acima de tudo, uma firme determinação em conservar-se firme e constante, continuar com os bons propósitos, perdurar, permanecer sem mudar ou sem variar de intento, isto é: PERSEVERANÇA. Não tem sentido, nem adianta começarmos um projeto de vida e não perseverarmos. Se nesta virada de ano você , meu amado irmão, tem proposto diante de Deus, ser um melhor crente, mais obediente à Palavra, mais dedicado à igreja do Senhor, aos compromissos assumidos, mais honesto nos seus negócios, mais submisso a sua liderança, fiel na entrega dos dízimos e mais consciente na responsabilidade do sustento dos missionários, dar um testemunho mais autentico e impactante na sua família, sendo um melhor pai ou mãe, melhor filho ou filha, mais  consciente da grande responsabilidade como servo de Deus, se tudo isso e muito mais tem lugar no seu coração como proposta de vida, então PERSEVERE, sem medo de ser feliz. Deus o honrará nesta sublime intenção. 

                                             Que Ele mesmo nos capacite!

                                                        Seu amigo, irmão e companheiro de lutas
                                                                                   Pastor Geovani Colares

2 de jan de 2013

ANO 2013 - PRESENTE DE DEUS


“Ensina-nos a contar os nosso dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. Apareça a tua obra aos teus servos, e a tua glória sobre seus filhos. E seja sobre nós a graça do Senhor nosso Deus, e confirma sobre nós a obra das nossas mãos; sim, confirma a obra das nossas mãos (Salmos 90: 12,16,17)

Com os nossos corações cheios de gratidão, estamos chegando ao final de mais um ano. Não podemos negar que foi um ano de muitas lutas, mas foi também um tempo de muitas vitórias que confirmaram a ação e o poder de Deus em nosso meio. Aprendemos lições que nos ensinaram que todo poder pertence a Ele e a nossa dependência tem que ser total. A oração de Moisés precisa ser a nossa oração de cada dia, nos trezentos e sessenta e cinco do ano novo que o Senhor nos dá.
É importante avaliarmos pessoalmente o nosso desempenho durante este tempo que Deus nos deu como presente e firmemos novos propósitos diante Dele para melhorar a nossa qualidade de vida em nosso relacionamento com Ele. Sempre temos algo que precisa ser trabalhado, melhorado. Ter o coração sábio é servir ao Senhor com metas ou objetivos definidos confiando que Ele realmente está agindo, conforme diz o salmista ‘ ‘Entrega teu caminho ao Senhor, confia nele e Ele tudo fará’’ (Sl. 37:5). Viver responsavelmente, comprometidos  de verdade com o Senhor da Obra é a melhor maneira de viver este presente chamado 2013. Como igreja, vivemos um tempo de novas experiências e muitos desafios e dentro das expectativas para o ano novo, relacionamos algumas para que você meu amado irmão, se coloque diante de Deus pedindo que Ele mesmo esteja usando-o conforme a Sua vontade.
Dentre as metas que temos para 2013, destacamos algumas que devem ser colocadas como prioridades especiais em sua agenda de oração, pois a sua participação será fundamental para que estes objetivos sejam alcançados: Pequenos Grupos, Impacto Radical, Celebrando a Recuperação, Treinamentos para Discipulado, Geração Futuro, Implantação do Ministério  Colegiado, (Jovens e Adolescentes, Família, Terceira Idade) e Evangelismo Criativo e Estratégico, Pepe, Ministério de Música e Atendimento Comunitário e Social. 
 Você é importante nesta visão. Não fique de fora, este é o tempo, esta é a hora.
                             ‘ ‘Juntos Somos Melhores’’

                                                           Um abençoado 2013!