Barra de vídeo

Loading...

29 de dez de 2011

RECOMEÇAR


Quero compartilhar nesta virada de ano, com meus amados irmãos, do texto abaixo transcrito, esperando que a mensagem nele contida abençoe a sua vida como me abençoou e me fez refletir sobre a minha postura para o novo ano – 2012. O texto foi extraído do site “Mensagens Virtuais”.
‘‘Sempre é tempo de recomeçar.
Em qualquer situação podemos abrir novas portas, conhecer novos lugares, novas pessoas, ter outros sonhos.
Renovar o nosso compromisso com a vida e assim, renascer para a vida e alcançar a felicidade.
Não importa quem te feriu, o importante é que você ficou, não interessa o que te faltou, tudo pode ser conquistado, não se ligue em quem te traiu, você foi fiel.
Não se lamente por quem se foi, cada um tem o seu tempo. Não reclame da dor, ela é a conselheira que nos chama de volta ao caminho.
Não se espante com as pessoas, cada um carrega dentro de si, dores e marcas que alteram o seu comportamento, ora estamos felizes e trasbordamos de alegria e paz, ora estamos melancólicos e só queremos ficar sozinhos...
O mundo está cheio de novas oportunidades, basta olhar para a terra depois da chuva. Veja quantas plantinhas estão surgindo, como o verde se espalha mais bonito e mais forte depois das tempestades.
As portas se abrem para os que não têm medo de enfrentar as adversidades da vida, para os que caíram, mas se levantaram com o brilho da vitória nos olhos.
Todo caminho tem duas mãos, uma que seguimos ainda com passos inseguros, com medo, porque não sabemos ainda o que vamos encontrar lá na frente, na volta, mesmo derrotados, já sabemos o que tem no caminho, e quando um dia, resolvemos enfrentar os nossos medos e fazer essa viagem novamente, somos mais fortes, nossos passos são mais firmes. Já sabemos onde e como chegar ao destino, o destino é a vitória, o destino é ser feliz. Eu creio nisso, e você?
Você está pronto para recomeçar?
O caminho está à tua espera – o ano de 2012. Pé na estrada, coloque um sonho na alma, fé no coração e esperança na mochila. A vida se enche de novidades para os que se aventuram na viagem que conduz a verdadeira liberdade.’’
FELIZ ANO NOVO!

19 de dez de 2011

JESUS CRISTO - A SUPREMA REVELAÇÃO DO AMOR DE DEUS


“E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai” (João 1:14)
Estamos vivendo hoje, a data máxima do cristianismo. É o amor de Deus revelado, através do nascimento de Jesus. Ele se tornou humano para que a humanidade pudesse se aproximar do Criador. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”(João 3:16) é a boa notícia que traz alegria a todos, “...eis que vos trago novas de grande alegria que será para todo povo, na cidade de Davi, nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor”(Luc. 2:110-11)
É a única solução para a criação tão distante e corrompida. É o pacificador que torna amigos de Deus. É o que nos livra e nos limpa do pecado. Ele veio destruir as obras do Diabo, mudando assim a nossa história, dando a chance a todos para viverem a condição de filhos de Deus – “mas a todos o receberam deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus, a saber, os que crêem em seu nome” (João 1:12)
Neste tempo de celebração, é importante também refletir sobre a nossa condição de filhos de Deus e a nossa postura diante de tantos modismos e conceitos errados a respeito da vida e d'Aquele que veio para trazer paz e esperança para o mundo.
Assim sendo, é um precioso momento para renovarmos com ardor o nosso compromisso de santidade, buscando viver uma vida que seja coerente com os ensinamentos do Cristo que celebramos. Renovar o nosso compromisso e o desejo sempre crescente de sermos instrumentos para pregar o Evangelho e com o nosso testemunho impactar este mundo corrompido e perverso.
Em outras palavras, fazer a diferença, provando com a nossa maneira de viver, que valeu a pena a decisão que um dia nós tomamos, de entregar nossa vida por inteiro nas mãos de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Que este Natal nos ajude a pensar com misericórdia nas pessoas que ainda estão nas trevas do pecado, dos que lutam sem recursos para cuidar das doenças, naqueles cuja casa ou abrigo é a rua, o viaduto, o banco da praça, as drogas ou a tristeza do abandono.
Se tivermos essa capacidade de olhar para nós mesmos, para os outros e para Deus, nos quebrantando e renovando honestamente o nosso compromisso de amar, podemos dizer com alegria: FELIZ NATAL!

16 de dez de 2011

NADA É IMPOSSÍVEL PARA DEUS



O tema faz parte do texto que descreve o diálogo travado pelo anjo Gabriel e Maria, por ocasião do anúncio do nascimento de Jesus Cristo, cujos detalhes estão registrados no capítulo primeiro do Evangelho de Lucas. Um texto que nos inspira e desafia a confrontarmos nosso relacionamento com Deus e nossas atitudes diante das graves e diferentes circunstâncias da vida.
Quando abrimos a Palavra e nos deparamos com uma afirmação deste nível, qual significado para nossa vida? É uma declaração clara e objetiva: ‘‘nada é impossível para Deus’’. Um termo absoluto significando que anula tudo quanto eu poderia pensar ou imaginar “impossível”. Há uma grande necessidade de experimentarmos de forma concreta o que Deus pode e quer fazer em nossa vida, não para Ele provar que é capaz, mas para que o “Seu poder se aperfeiçoe em nossa fraqueza” (II Co. 12.9).
Todos nós, de vez em quando, temos de enfrentar situações difíceis, dolorosas, tanto em nossa vida pessoal quanto em nossos relacionamentos com os outros. E não poucas vezes percebemos o quanto somos frágeis e impotentes diante de determinadas situações da vida, as quais nos deixam perplexos, desanimados, sem saber o que fazer. Quantas vezes, nestes momentos e que percebemos que existem em nós apegos a coisas e pessoas que nos tornam escravos de amarras difíceis de nos libertar. Ressentimentos, amarguras, sentimentos de vingança, incapacidade para perdoar, indiferença, egoísmo, são coisas que nos escravizam e nos fazem sentir sem forças para vencê-las.
Pois bem, é nesses momentos que a Palavra de Vida vem em nossa ajuda. Jesus nos deixa experimentar a nossa incapacidade, não para nos desencorajar, mas para nos ajudar a entender melhor que “nada é impossível para Deus”; para nos preparar a fim de descobrirmos a extraordinária potência da sua graça, que se manifesta justamente quando constatamos que, com as nossas próprias forças, nada vamos conseguir.
Qual é o seu problema? Que circunstância adversa está massacrando o seu coração neste momento? Que tipo de ansiedade está consumindo a sua vida e talvez você esteja a ponto de desistir de tudo e de todos? Quero encorajar você a olhar para frente se colocando nos braços de um Pai ao qual tudo é possível, até mesmo reverter e resgatar tudo quanto você julga que está perdido, que não existe mas possibilidades de solução.

Lembre-se:

NADA É IMPOSSÍVEL PARA DEUS!
CREIA E DESCANSE NOS BRAÇOS DO PAI!
Que Ele te abençoe!

9 de dez de 2011

BÍBLIA - O TESOURO DE VALOR INCALCULÁVEL


“Melhor é para mim a lei da tua boca do que milhares de ouro e prata” (Sl. 119.72). “Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino” (Sl. 19.10a).
“A Bíblia é muito mais do que um manual de doutrinas. A Palavra de Deus gera vida, cria a fé, produz mudanças, afugenta o Diabo, realiza milagres, cura feridas, edifica o caráter, transforma as circunstâncias, transmite alegria, supera a adversidade, derrota a tentação, infunde esperança, libera poder, limpa nossas mentes, cria as coisas e nos garante o futuro eterno! Não podemos viver sem a Palavra de Deus! Nunca subestime o valor dela! Você deve considerá-la tão essencial para a sua vida como a comida. Jó disse: Dei mais valor as palavras de sua boca do que ao meu pão de cada dia” (Rick Warren).
O testemunho do salmista nos convida a avaliar particularmente o quanto valorizamos a Palavra de Deus. O que ela representa para nossa vida e o cuidado e preocupação para a prática dos seus ensinos. Em minhas pesquisas na internet descobri uma ilustração interessante que passo a transcrever em seguida:
“Há muitos anos, existiu um homem muito rico que no dia do seu aniversário convocou seus criados para receberem presentes. Colocou-os a sua frente na seguinte ordem: Cocheiro, Jardineiro, Cozinheira, Arrumadeira e o pequeno Mensageiro. Em seguida, dirigindo-se a eles, explicou-lhes o motivo de havê-los chamado e por fim, fez-lhes uma pergunta, esperando de cada um a sua própria resposta. A pergunta foi a seguinte:
- O que você prefere receber agora: esta Bíblia ou este valor em dinheiro?
- Eu gostaria de receber a Biblia – respondeu pela ordem o cocheiro – mas, como não aprendi a ler, o dinheiro me será bastante útil! Recebeu então o dinheiro e agradeceu ao patrão. Esse pediu-lhe que permanecesse em seu lugar.
Era a vez do Jardineiro fazer a sua escolha, e o mesmo falou:
- Minha mulher está adoentada, e por essa razão tenho necessidade do dinheiro, em outra circunstância escolheria, sem dúvida, a Bíblia.
Como aconteceu com o primeiro, ele também permaneceu na sala após receber o valor das mãos do patrão. Agora, pela ordem falaria a cozinheira que teve tempo para elaborar bem sua resposta:
- Eu sei ler, porém, nunca encontro tempo para sequer folhear uma revista, portanto, aceito o dinheiro para comprar um vestido novo.
- Eu já possuo uma Bíblia e não preciso de outra, assim, prefiro o dinheiro. Informou a arrumadeira, em poucas palavras.
Finalmente chegou a vez do menino de recados. Sabendo-o bastante necessitado, o patrão adiantou-se em dizer-lhe:
- Certamente você também irá preferir dinheiro, para comprar uma sandália, não é isso meu rapaz?
- Muito obrigado pela sugestão. De fato estou precisando muito de um calçado novo. Mas vou preferir a Bíblia. Minha mãe me ensinou que a Palavra de Deus é mais preciosa do que o ouro. Disse o pequeno Mensageiro.
Ao receber o bonito volume, o menino feliz o abriu e nisso caiu aos seus pés uma moeda de ouro. Virando outras páginas foi deparando com outros valores em notas. Vendo isso, os outros criados perceberam o seu erro e envergonhados deixaram o recinto. A sós, com o menino, disse-lhe comovido o patrão: “Que Deus o abençoe, meu filho, e também a sua mãe, que tão bem o ensinou a valorizar a Palavra de Deus.’’

MINHA BÍBLIA: TESOURO IMCOMPARÁVEL!