Barra de vídeo

Loading...

26 de jan de 2012

TEMPO DE REVER PRIORIDADES

“Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas; todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada.” (Lc.10.41,42)
(...) O tempo não espera. Ele não pode ser emprestado. Nem pode ser comprado. Ele é brutalmente acelerado, num piscar de olhos. O texto acima citado nos mostra Marta indignada, irritada mesmo por ver sua irmã tranquilamente aos pés de Jesus, apenas o ouvindo falar, enquanto ela se afadigava na cozinha. Ao reclamar sobre isso com Jesus, o Mestre amorosamente lhe disse que há algo melhor, e que apenas isso é necessário. Apenas uma coisa.
Maria havia descoberto as fontes da vida, a origem do poço artesiano celeste. Sem dúvida a Fonte para o cristão – aquela que o alimenta, inspira, guia, sustenta e capacita em todas as coisas é passar tempo com o Mestre. Momentos silenciosos, quietos e sem pressa na presença de Cristo, como Maria exemplificou para nós. “As palavras que eu lhes disse são espírito e vida”, Jesus nos declara. (João 6.63)
Evidentemente, quem aprendeu essa lição foi o apóstolo Paulo, porque no pequeno livro de Filipenses, ele descreveu este seu desejo: “ Quero conhecer a Cristo, o poder da sua ressurreição e a participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte para, de alguma forma, alcançar a ressurreição dentre os mortos.” (Fp. 3.10,11)
Qual era a fonte? Claramente, assim como para Maria, era “Conhecer a Cristo”. E como Paulo planejou estar mais perto de Jesus? Qual foi a estratégia que ele usou para conhecer melhor o Salvador? Felizmente para nós, ele a descreveu resumidamente logo a seguir: “... uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.” (Fp. 3.13,14)
Surpreendente. Primeiro Jesus nos diz: “Apenas uma [coisa] é necessária”. Então Paulo escreve: “Uma coisa faço”. Poderia ser mais simples?
Jesus não estabelece: “Apenas dez coisas são necessárias”, nem Paulo declara: “Quinze coisas faço”. Quando tocamos as questões críticas da vida – quando reduzimos a vida à sua essência, como Chuck Swindoll dizia, a Bíblia torna isso muito simples para nós.
Apenas uma coisa. Retornar a fonte.
(...)Temos de voltar ao original, à Palavra de Deus. Ela é a nossa Fonte primária.(...)Não podemos deixar de nos sentar aos pés de Jesus diariamente. Como cada dia tem os próprios desafios, fazer as devocionais não deve ser a nossa última idéia, mas a primeira. Não pode ser uma carga; precisamos torná-la uma alegria, uma alegria diária. Assim como o “café com pão fresco” que nos sacia à cada manhã nos preparando para mais um dia de trabalho.
Que Deus confirme esse propósito em nosso coração e nos ajude a rever nossas prioridades e a compreender que “o essencial é invisível aos olhos”.
Cristo, o Pão da Vida nos dá um novo sentido de existência!

(Extraído e adaptado do livro Mentores segundo o coração de Deus)

19 de jan de 2012

QUANDO O SONHO SE TORNA REALIDADE...

Gosto de pensar sobre esse tema, porque acredito que sonhar faz parte de uma vida com significado. Temos a realidade da vida de Cristo enxertada em nós. Nosso significado de existência está em Cristo, portanto, nossos sonhos precisam estar alinhados com Sua perfeita vontade para nós. Mas para que experimentemos essa grandeza precisamos ampliar nossa visão nos deixando conduzir pela perspectiva do olhar de Cristo que habita em nós e espera assim, Reinar como Senhor de nossas vidas.
Você já parou para pensar na realidade de que Cristo tem um sonho para esta igreja e que você está incluído neste sonho como parte integrante deste Corpo?
Cristo, o Senhor da Igreja, sonha alcançar os que se encontram perdidos, fortalecer os que estão fracos, curar os que se encontram enfermos, saciar os famintos e sedentos, consolar os que choram, encorajar os que estão abatidos, libertar os encarcerados, enfim, Ele quer tornar manifesto o Reino de Deus entre nós e através de nós.
Em seu texto intitulado “Reino de Deus versus Igreja local” (2010, p. 93,96) Rubem Muzio nos traz à lembrança que: “o Reino de Deus tem a ver com a presença dinâmica do poder redentor de Deus confrontando as forças do mal e restaurando a vida. É uma nova realidade que entra na história humana e que afeta a vida integral: moral e espiritual, física e psicológica, material e social. (...)A igreja, um povo perdoado e perdoador, é pioneira dessa nova humanidade e deve viver em genuíno companheirismo. No aqui e agora, esse reinado se faz presente onde Cristo vence o poder do mal. Isso acontece (ou deveria acontecer!) de forma mais visível e densa na igreja. (...)Somos o corpo comunitário dos seguidores de Cristo, mutuamente responsáveis uns pelos outros e pela missão que Jesus nos outorgou na sua ressurreição.”
Ele sonha sarar a nossa terra... Nos confiou o ministério da reconciliação visando reconciliar consigo o mundo e prometeu estar conosco todos os dias até a consumação dos séculos. Vale ressaltar que quando o sonho se torna realidade, há júbilo, há celebração! Quando o sonho de Deus encontra lugar em nosso coração, tornamo-nos participantes dessa celebração e temos sempre motivos para nos alegrar, pois os sonhos de Deus nunca falham! Portanto, façamos deste tempo um tempo de revisão de planos e metas, visando investir nos sonhos de Deus, cooperando com Ele na expansão do Reino, fazendo valer a expressão: “Venha a nós o Teu Reino, seja feita a Tua vontade...”

Luciana Oliveira Silva e Souza

13 de jan de 2012

POR UM NOVO ANO MAIS QUE FELIZ...

O ano está só começando e certamente muitos de nós já fizemos nossos planos com expectativas de muitos ideais que acalentam o nosso coração. Um ano novo é sempre tempo de renovar propósitos e reacender a chama da esperança por “dias melhores”. Isso é bom e saudável, pois a vida sem sonhos, sem ideais a serem alcançados, é vida sem propósito.
A questão é: qual é o nosso plano de ação? De onde estaremos extraindo forças, sabedoria e tudo o que se faz necessário para a conquista destes ideais? Onde encontraremos orientações pertinentes às necessidades e desafios que surgirão em meio à conquista desses ideais? Como fazer para não desistir no decorrer desta jornada que se inicia?
A Palavra de Deus nos apresenta uma rica orientação:
“Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos prosperarão e você será bem sucedido.” (Josué 1:8)
O caminho do verdadeiro sucesso tem como base a orientação da Palavra de Deus. Precisamos priorizar tempo significativo com Deus, buscando de fato, ouvir a sua voz, suas orientações para cada dia e permitir que o Espírito Santo tenha plena liberdade para guiar nossa mente e coração por toda caminhada. Agindo assim certamente ao abrir a nossa boca estaremos abençoando, edificando vidas, pois “a boca fala do que o coração está cheio” e este é um principio para grandes e saudáveis conquistas, pois ninguém alcança nada de valor sozinho. Muitas vezes destruímos os sonhos nossos e de outros por meio de palavras que proferimos sem refletir devidamente, palavras que ferem, abatem ao invés de encorajar, edificar... Precisamos uns dos outros; cuidar para manter e desenvolver nossa rede de relacionamentos de forma rica, salutar, com visão de expansão do Reino de Deus é algo que deve constar em nossa lista de prioridades se queremos de fato um Feliz Ano Novo!
A expressão da presença do Espírito Santo através de relacionamentos que manifestem abundância de amor, alegria, paz, paciência, delicadeza, bondade, fidelidade, humildade, domínio próprio - fruto do Espírito Santo de Deus que em nós habita é um ideal do coração de Deus para nossas vidas como cooperadores D'Ele neste mundo tão cheio de hostilidades e inquietações e tão desprovido de vidas com significado.
Jesus nos assegura que se permanecermos no Pai Ele fará maravilhas em nós e através de nós. Somos encorajados por Ele quando lemos “Vocês já estão limpos, pela Palavra que lhes tenho falado. Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. (...) Se vocês permanecerem em mim e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido.” (João 15: 3,4,7)
A forma mais assertiva de se ter bom êxito em tudo o que se propõe a fazer é não perder o foco do que seja realmente a perfeita vontade de Deus, e isso não se dá de forma mágica. É algo que requer de nós esforço, disciplina, determinação e força de vontade para manter um relacionamento de amor contínuo e real com Deus. Ele age no tempo e no espaço, é o Senhor da história e de todas as coisas que foi, que é e que será neste mundo e no que há de vir.
Façamos deste ano, um ano realmente muito feliz, partindo do princípio de que tudo o que existe foi gerado pela Palavra de Deus. O mesmo Deus que iniciou a criação dizendo: “HAJA LUZ...” continua com a Palavra viva que gera vida onde se faz presente. Que magnífico privilégio sermos cooperadores de um Deus tão grandioso!
Verdadeiramente o único Deus que pode e quer agir em nós e através de nós fazendo-nos desfrutar de toda uma vida mais que feliz! Ele nos afirma que estará conosco não só neste ano que se inicia, e sim “todos os dias de nossa vida, até o fim dos tempos.” (Mateus 28:20b)
Dessa forma podemos desejar de todo coração um feliz ano novo!

Luciana Oliveira Silva e Souza

6 de jan de 2012

VOCÊ É ESPECIAL

É possível que você tenha virado o ano de uma forma não animadora em razão de situações que fugiram ao seu controle e encheram o seu coração de expectativas sombrias quanto ao futuro que começou com a chegada de um novo ano. Quero encorajá-lo a olhar para a frente, crendo sempre no poder restaurador do Deus Todo-Poderoso que está no controle. O texto abaixo, extraído do livro “Ladrões de Alegria” já me abençoou em diversas circunstâncias da minha vida e espero também abençoá-lo com sua leitura:
“Tire a sua alma do cárcere. Abandone os fardos pesados da tristeza. Pare de remoer traumas do passado. Levante a cabeça. Não viva mais como um derrotado. Você não foi criado para ser um perdedor. Você não tem que continuar de cabeça baixa pela vida. Reaja em nome de Jesus. Se o pecado o escraviza, saiba que o sangue de Cristo pode limpar você de todo o pecado, libertar você de todos os traumas, curar você de todos os complexos, purificar sua mente de todas as memórias amargas. Não deixe que as crises de ontem roubem sua alegria de hoje. Não permita que as lutas do presente toldem a esperança do seu amanhã.
Creia em Deus. Ele está no trono. Ele está no controle de todas as coisas. Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. Amanhã vai ser melhor. Você não caminha para um ocaso triste, mas para um amanhecer glorioso. Se você crê em Cristo como seu Salvador e Senhor, o fim da estrada é a glória e não o caos.
Você está escondido com Cristo em Deus. Você tem ao seu dispor toda a armadura de Deus. A suprema grandeza do poder de Deus lhe pertence. Você é o herdeiro de Deus. Tudo o que o Pai tem lhe pertence. Você é cidadão do céu. Você está assentado com Cristo nas regiões celestes, acima de todo principado e potestade. Ainda que o inferno inteiro se levante contra você, não poderá arrancá-lo das mãos de Jesus. Seu nome está escrito no livro da vida. Você está selado com o Espírito Santo. Você é propriedade particular de Deus. Você é a menina dos olhos de Deus. Você é a herança de Deus, você tem todos os motivos para ser uma pessoa feliz, alegre e vitoriosa.
Não deixe que os ladrões da alegria roubem este bem precioso que você tem em Cristo. Prenda os ladrões. Viva na liberdade dos filhos de Deus, desfrutando agora e sempre desta alegria indizível e cheia de glória.”

DEUS TE ABENÇOE!