Barra de vídeo

Loading...

30 de mai de 2009



Maio: Mês da Família / "Família, um lugar para amar."





FAMÍLIA - PRESENTE DE DEUS (Tg. 1.17)


Tudo o que Deus faz é bom. No seu plano criador, após a criação da família, diz a Palavra que Deus viu que tudo que criara era “muito bom” e o salmista, para enfatizar isto, usa a expressão que Ele formou o homem de um modo admirável e maravilhoso (Salmo 139.14). A obra-prima do Criador, isto é, a família, foi colocada neste mundo para a felicidade do ser humano. Por isso podemos dizer com todas as letras que a FAMÍLIA É UM PRESENTE DE DEUS para nós. Agora, imagine-se recebendo um presente. Um pacote primorosamente embrulhado, numa linda embalagem. Você o recebe e o coloca numa estante. Seis meses mais tarde, a pessoa que lhe deu o presente volta à sua casa, olha a estante e se sente profundamente desapontado ao ver que o embrulho permaneceu lá por todo esse tempo, da mesma forma como você o recebeu. Qual seria a conclusão lógica? O presente não despertou o mínimo interesse para você. Por certo, você ignorou o presente e o pior, ignorou quem o deu. Quem sabe se naquele embrulho ou embalagem estava uma jóia rara ou algo precioso e importante para você, para seu uso pessoal. E você não ligou, não abriu o presente. Perdeu uma grande bênção.
Afirmamos que a FAMÍLIA é um presente de Deus e o texto lido da carta de Tiago diz que Deus só nos dá coisas boas, então este presente chamado FAMÍLIA deve ser desembrulhado com muito carinho e tratado com muito zelo. A maior prova de que amamos a Deus é o amor que sentimos pelo próximo e o próximo mais próximo de nós é a nossa família. Então, meu amado irmão, você ama a Deus? Ama-o de verdade? Prove isto investindo na sua família, no seu casamento. Cuide bem deste presente, alegre o coração Daquele que o deu. Como fazer isto na prática de cada dia, já que todo cuidado e zelo envolvem trabalho, renúncia, doação incondicional e outras coisas que na maioria das vezes envolvem sacrifício? Quero compartilhar algumas atitudes que são básicas e necessárias para que desfrutemos com o sucesso do presente abençoado que o Senhor nos deu.
Poderíamos dizer que é o ABC de um processo para bênção de um bom relacionamento em família. Sintetizamos em três palavras: Amor, Bondade e Conforto. No desdobramento destas três palavras que traduzem sentimentos e atitudes, podemos alistar qualidades de caráter que precisamos desenvolver se queremos aproveitar bem o presente de Deus chamado FAMÍLIA:

Amor – Aceitação, atenção, paciência, compreensão, tolerância, perdão, compromisso, responsabilidade, verbalização dos sentimentos, confiança.

Bondade – Generosidade, gentileza, gratidão, hospitalidade, humildade, autenticidade, aproximação.

Conforto – Encorajamento, entusiasmo, companheirismo, lealdade, cuidado, conselho, acolhimento, consolação, elogio.

Todas as qualidades compartilhadas são frutos do padrão estabelecido por Deus e que estão diretamente ligadas ao sentimento de Deus por nós. Por nós mesmos, jamais teríamos condições de viver dentro desse padrão no relacionamento familiar, mas nós fomos alcançados pela graça de Deus. E é pela Graça que tenho condição de perdoar, de ser generoso, de responder com mansidão, de caminhar a segunda milha, de compreender e aceitar as fraquezas e os erros da minha esposa e dos meus filhos, de não guardar amarguras ou ressentimentos na alma, saber ficar calado para que a paz seja mantida no ambiente familiar e saber falar para abençoar e alegrar o coração das pessoas que Deus me deu como presente para compor a minha família.
SÓ PELA GRAÇA SOMOS CAPAZES DE ENTENDER QUE É O GRANDE AMOR DE DEUS QUE NOS CAPACITA PARA ESTA SUBLIME TAREFA.

A Ele, toda glória, honra e louvor! Amem!

Pr. Geovani Colares


Nenhum comentário:

Postar um comentário