Barra de vídeo

Loading...

7 de dez de 2012

MANTENDO A SABEDORIA RENOVADA


        
       A essência da vida não é uma panacéia para todos os problemas que você enfrenta, mas uma coisa é certa: negligenciar a leitura diária da Palavra de Deus contribuirá para que você tenha mais problemas, e isso mais rapidamente do que você possa imaginar. Passar um tempo sozinho e sem pressa com Deus e sua Palavra libera uma fonte de refrigério do íntimo do seu ser.
A Bíblia diz que Salomão foi o homem mais sábio que já viveu. Quando você lê o relato de seus primeiros anos no trono vê exemplo após exemplo de quanto à sabedoria divina enriqueceu a sua vida e a sua nação. Você ouve sua oração por sabedoria - não por ouro ou fama ou poder político - e fica admirado. Você considera a eficiente organização do seu governo, seus extensos estudos em botânica e zoologia, e consegue entender por que a Bíblia diz “Deus deu a Salomão sabedoria, discernimento extraordinário e uma abrangência de conhecimento tão imensurável quanto a areia do mar.” (I Reis 4:29) E, apesar disso - se você conhece a história completa de Salomão -, sabe que ele se envolveu em um fracasso monumental. Por quê? Como isso foi acontecer? Como ele pôde ser a pessoa mais sábia de todos os tempos e ao mesmo tempo ter vivido um dos maiores fracassos da Bíblia?
Aparentemente, Salomão esqueceu qual era a fonte de sua sabedoria. Em algum ponto do caminho, Salomão deixou de buscar as profundezas de Deus e começou a depender de si mesmo. O homem que definiu a sabedoria para múltiplas gerações se tornou um insensato. Em sua assombrosa estupidez, lançou as sementes para uma desastrosa guerra civil que desembocou na ruína de todo o seu povo.
Isso nunca deveria ter acontecido. O declínio de Salomão começou assim que ele abandonou suas caminhadas diárias com Deus – uma lição que ele mesmo havia registrado em sua juventude: “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria...” (Pv.9:10; Sl.111:10; Pv.1:7) O que acontece quando alguém esquece ou rejeita o princípio da sabedoria? Todo o resto de sua vida entra em colapso, como um castelo de cartas diante de forte tempestade. Salomão tornou-se incapaz de ser ensinado.“Melhor é um jovem pobre e sábio, do que um rei idoso e tolo, que já não aceita repreensão.” (Ec.4:13) Salomão deve ser o exemplo extremo de que não importa quão inteligente você é, quanto você sabe ou quantos títulos precedem o seu nome. Se você ignorar os conselhos de Deus, terá problemas. 
    O segredo de crescer em sabedoria divina, de manter essa sabedoria renovada é aproximar-se de Deus continuamente, na condição de um completo ignorante. Diga a ele que você não sabe nada. Diga que você precisa e quer aprender; faça isso com humildade de espírito, determinação e fé. Deus está sempre pronto a cumprir o que diz, e foi Ele mesmo quem disse: “Eu o instruirei e o ensinarei no caminho que você deve seguir; eu o aconselharei e cuidarei de você.” (Salmos 32:8)

                    (Extraído e adaptado do livro: Mentores segundo o coração de Deus)

Nenhum comentário:

Postar um comentário