Barra de vídeo

Loading...

29 de out de 2009

Até aqui nos ajudou o Senhor

Este é um momento significativo e muito especial para todos nós. Deus nos dá o privilégio e a alegria de celebrarmos nosso quadragésimo aniversário de organização voltando o olhar para nossa trajetória e podendo dizer com júbilo: “Até aqui nos ajudou o Senhor”. É inegável que no caminho percorrido houve momentos de tristezas, dificuldades e obstáculos como desafios para nossa caminhada, mas prevaleceu a mão forte do Senhor da Igreja, dando sempre a melhor solução para alcançarmos as vitórias que hoje podemos contar. Louvado seja o bendito nome do Senhor!
Mas é tempo de avançar. Olhar com gratidão o passado, o que Deus tem realizado através da igreja, mas ter uma percepção clara de que o futuro nos aguarda com muitos caminhos a percorrer. Cada dia que passa, os desafios se tornam maiores e mais difíceis de serem enfrentados e precisamos com temor e tremor nos colocar nas mãos de Deus, humildemente, para que continuemos buscando a excelência na proposta de uma igreja saudável, “Igreja do Deus vivo, coluna e esteio da verdade”.
Para tanto, neste tempo de celebração, refletindo em tudo quanto o Senhor nos tem concedido como indivíduos e como igreja, é de suma importância renovarmos o nosso compromisso com Deus e com a família, fazendo deste marco histórico um momento de tomada de atitudes que haverão de fazer a diferença que o mundo espera. O apóstolo Paulo escrevendo a igreja de Roma (Rm. 8:19), diz que “O mundo aguarda com intensa expectativa a manifestação dos filhos de Deus”, e alguém já disse que o mundo não irá ler Mateus, Marcos, Lucas ou João, mas lerá você e a mim. Somos, assim, o quinto evangelho e a igreja é a comunidade dos santos, que no seu compromisso de vida, exala o bom perfume de Cristo.
É tempo de refletirmos que tipo de crentes temos sido, que tipo de igreja temos ajudado a construir, qual e como tem sido a nossa participação no propósito de Deus em salvar pessoas do inferno.
Com estas avaliações no coração, coloquemo-nos diante do Senhor, com o sentimento de muita gratidão e também com o grande desejo de que Ele continue nos usando para abençoar esta comunidade e a nossa querida cidade de Belford Roxo. Para isto, precisamos reconhecer em primeiro lugar a necessidade de nos comprometermos por inteiro com o Senhor, fazendo Dele o centro gravitacional de nossa vida; existindo em função Dele e para Sua Glória; vivendo em total dependência Dele. Em segundo lugar, vivenciar o verdadeiro compromisso de uns para com os outros, isto é, reconhecer a nossa interdependência. A igreja é um organismo vivo e como tal não pode existir nenhuma parte isolada em seu relacionamento com as demais. Precisamos uns dos outros para a grande tarefa que Deus nos confiou – mostrar ao ser humano que há esperança – e assim unidos, haveremos de cumprir este sublime encargo em nome do Senhor Jesus.
Parabéns aos membros fundadores que enfrentaram perseguições e acreditaram na construção de uma obra que continuará até a volta de Cristo; parabéns às lideranças que deixaram marcas de profícuo trabalho ao longo destas quatro décadas; parabéns a todos quantos, direta ou indiretamente, têm contribuído para chegarmos até aqui. Que o Senhor nos abençoe! E a Ele, toda honra, glória e louvor! Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário