Barra de vídeo

Loading...

5 de out de 2009

TODA CRIANÇA PRECISA DE CUIDADO

Ao Iniciar outubro, logo nos vem à memória o dia 12, onde comemoramos o Dia das Crianças. Junto com ele também vem toda uma preocupação em torno da data festiva, dos presentes pedidos e, na maioria das vezes, recebidos. Porém, como cristãos “antenados” na Palavra de Deus, precisamos ampliar essa preocupação em torno das crianças.
O texto de Mateus 18.14b nos diz: ” o Pai de vocês, que está nos céus, não quer que nenhum destes pequeninos se perca.” Ao analisarmos esse versículo e todo o contexto que o envolve, podemos trazê-lo para os nossos dias com uma responsabilidade ainda maior o cuidado para que a criança não se perca em nenhum de seus aspectos, não somente o espiritual.
Então, quais são as necessidades de nossas crianças hoje? Poderia enumerar uma lista quase sem fim, mas gostaria de trazer à tona apenas algumas delas:
1. Respeito à sua faixa etária - Ela não pode ser forçada a alcançar posições que sua maturidade não permite e nem ser obrigada a fazer coisas para satisfazer aos adultos e suas ansiedades;
2. Segurança em todos os aspectos: físico, emocional, espiritual e social;
3. Disciplina administrada de forma amorosa;
4. Aceitação - Ela precisa ser aceita e valorizada como é, do seu “jeitinho”;
5. Amor - Amar e ser amada produz a sensação de pertencimento que produz a segurança necessária para enfrentar a vida. As pessoas amadas sabem que são mais importantes que as coisas. Nossas crianças sabem e sentem que são amadas?
6. Deus - A maior parte das orientações é comunicada com o exemplo. Nossas crianças vêem Deus em nós?
O objetivo maior do Ministério Semear (Ministério Infantil da IBCBR) é levar as crianças a terem experiências com Jesus. Nossa preocupação não é simplesmente apresentá-las a Jesus, mas oportunizar um relacionamento íntimo, real e pessoal das crianças com o Mestre. E isso se dará a partir do momento em que cuidamos de cada uma delas como um ser holístico, com aspectos espirituais, sociais, emocionais e físicos.
Nós como igreja, precisamos nos atentar às suas necessidades básicas para que elas possam ter condições de realmente experimentarem esse relacionamento de forma plena.

Anastacia Monteiro Raul Lima
Ministério de Educação Infantil

Nenhum comentário:

Postar um comentário