Barra de vídeo

Loading...

18 de mar de 2010

VOCÊ ESTÁ DANDO FRUTOS?

Estamos tendo o privilégio de ir aos confins da terra através de nossas ofertas para missões Mundiais. Em nossa igreja a coordenação da campanha está empenhada em aumentar o número de irmãos na equipe de Evangelismo e Missões com a finalidade de alcançar os objetivos dividindo tarefas e responsabilidades, diminuindo assim a carga de cada um. Dentre os irmãos que estão trabalhando na equipe, temos o irmão Felipe Daher, como um dos promotores, e neste domingo, com o título acima epigrafado, transcrevemos o texto escrito por Ele, para nossa reflexão:

Observemos alguns aspectos sobre os frutos relatados na Palavra de Deus:

Os frutos são visíveis. Você se lembra do método usado no primário, de mostrar uma figura e dizer o nome dela?
O apóstolo Tiago fazia o mesmo, tanto é que ele escreveu: “Mostra-me a tua fé sem as obras, e eu te mostrarei a minha fé mediante as obras que realizo.” (KJV). Não basta ter um belo discurso, é preciso vivê-lo e mostrá-lo diante das pessoas todos os dias.

Os frutos refletem a identidade da árvore de onde eles vêm. Se for uma macieira, dará maçãs; se for mangueira, dará mangas; e assim por diante.
Assim também, em se tratando do povo de Deus, os frutos mostrarão se temos ou não a identidade com Cristo, e se o Seu Espírito Santo frutifica em nós!
Quanto mais nos submetermos a Cristo, para assim fazer a sua vontade, mais nos tornaremos como Ele é, e mais nossos frutos serão visíveis.

O fruto sempre nasce para beneficiar alguém. O bom fruto faz com que alguém tenha apetite por ele, e o procure. O Espírito Santo quer produzir frutos em você igreja, para que outros possam se alimentar e se nutrir. Ao contrário disso, todos os feitos da carne nos fazem apartar.

Observe que Paulo citou “nove gomos do fruto do Espírito”: Amor, Alegria, Paz, Paciência, Bondade, Fidelidade, Benignidade, Domínio Próprio. Você está dando frutos? É hora de a igreja frutificar e a nossa colheita será abundante! Esta é a missão que Jesus confiou a nós, pois Ele mesmo disse: “Vós não me escolhestes a mim, mas eu vos escolhi a vós e vos designei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vo-lo conceda” (João 15: 16).

Que Deus nos abençoe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário