Barra de vídeo

Loading...

19 de jan de 2012

QUANDO O SONHO SE TORNA REALIDADE...

Gosto de pensar sobre esse tema, porque acredito que sonhar faz parte de uma vida com significado. Temos a realidade da vida de Cristo enxertada em nós. Nosso significado de existência está em Cristo, portanto, nossos sonhos precisam estar alinhados com Sua perfeita vontade para nós. Mas para que experimentemos essa grandeza precisamos ampliar nossa visão nos deixando conduzir pela perspectiva do olhar de Cristo que habita em nós e espera assim, Reinar como Senhor de nossas vidas.
Você já parou para pensar na realidade de que Cristo tem um sonho para esta igreja e que você está incluído neste sonho como parte integrante deste Corpo?
Cristo, o Senhor da Igreja, sonha alcançar os que se encontram perdidos, fortalecer os que estão fracos, curar os que se encontram enfermos, saciar os famintos e sedentos, consolar os que choram, encorajar os que estão abatidos, libertar os encarcerados, enfim, Ele quer tornar manifesto o Reino de Deus entre nós e através de nós.
Em seu texto intitulado “Reino de Deus versus Igreja local” (2010, p. 93,96) Rubem Muzio nos traz à lembrança que: “o Reino de Deus tem a ver com a presença dinâmica do poder redentor de Deus confrontando as forças do mal e restaurando a vida. É uma nova realidade que entra na história humana e que afeta a vida integral: moral e espiritual, física e psicológica, material e social. (...)A igreja, um povo perdoado e perdoador, é pioneira dessa nova humanidade e deve viver em genuíno companheirismo. No aqui e agora, esse reinado se faz presente onde Cristo vence o poder do mal. Isso acontece (ou deveria acontecer!) de forma mais visível e densa na igreja. (...)Somos o corpo comunitário dos seguidores de Cristo, mutuamente responsáveis uns pelos outros e pela missão que Jesus nos outorgou na sua ressurreição.”
Ele sonha sarar a nossa terra... Nos confiou o ministério da reconciliação visando reconciliar consigo o mundo e prometeu estar conosco todos os dias até a consumação dos séculos. Vale ressaltar que quando o sonho se torna realidade, há júbilo, há celebração! Quando o sonho de Deus encontra lugar em nosso coração, tornamo-nos participantes dessa celebração e temos sempre motivos para nos alegrar, pois os sonhos de Deus nunca falham! Portanto, façamos deste tempo um tempo de revisão de planos e metas, visando investir nos sonhos de Deus, cooperando com Ele na expansão do Reino, fazendo valer a expressão: “Venha a nós o Teu Reino, seja feita a Tua vontade...”

Luciana Oliveira Silva e Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário