Barra de vídeo

Loading...

14 de jan de 2010

SAIA DA CAVERNA...



“O Senhor lhe disse: Saia e fique no monte,
na presença do Senhor, pois o Senhor vai passar.”
(I Reis 19:11 NVI)


Meditando nessa passagem, fico pensando o quanto de Elias existe em cada um de nós. Temos a tendência de depois de termos tido grandes enfrentamentos nos sentirmos exaustos, e isso é natural. O problema é quando deixamos que o cansaço nos ofusque a visão , o propósito e a soberania de Deus em meio a todo o contexto que estamos enfrentando. Com muita facilidade nos esquecemos do suprimento que tivemos em meio aos desertos que tivemos que atravessar e nos vemos queixosos, abatidos, desanimados. E tal como Elias chegamos muitas vezes a dizer: “Já basta Senhor! Toma agora minha vida...” Nos enfiamos na caverna e esperamos a morte. A “caverna” pode ser o nosso trabalho, os nossos cursos e concursos, a nossa mania de limpeza, beleza, enfim, qualquer coisa que nos sirva de esconderijo para nossos medos e crises existenciais.
Ainda bem que o nosso Deus é grande em misericórdia e na sua onisciência não atende algumas de nossas orações, mas se coloca ao nosso lado considerando nossa real necessidade. Ele não desiste de nós nem dos projetos que tem para realizar através de nossas vidas. Ele é o Senhor que governa sobre tudo e sobre todos e com poder e autoridade nos diz: Sai da caverna...
Assim como foi com Elias, Ele continua sua obra em nós e diz: “Levanta-te e come, porque a viagem será muito longa.” I Reis 19: 7b
Deus se preocupa com nossa vida física, emocional, espiritual, enfim com a nossa vida como um todo. Precisamos nos dispor a romper com o que nos impede de ouvir melhor a sua voz e nos deixar guiar inteiramente por ela. Devemos admitir que muitas vezes nos encontramos com dificuldades para ouvi-Lo por estarmos buscando de forma equivocada ou com expectativas de manifestações mirabolantes. O contexto deste texto diz que “o Senhor não estava no vento, não estava no terremoto, não estava no fogo, e sim numa voz mansa e suave. (I Reis 19.11-12)
Deus não fala só nos feitos grandiosos, fala também e sobretudo nas pequenas coisas, de forma simples, mansa e suave. Cabe a nós silenciarmos um pouco mais, corrermos um pouco menos para ouvir Ele nos falar: “Aquietai-vos e sabei que EU SOU DEUS”.
Fora da caverna, há muitos desafios, mas é através deles que vamos crescer e ter experiências com Deus agindo em nós e através de nós na dinâmica da vida; no tempo que se chama HOJE!
Que tal começarmos este novo ano com essa atitude? Acredito que será um bom começo para grandes realizações em nossa vida como igreja e como pessoa comprometida com Cristo e seu Reino.


Luciana Oliveira
Ministra de Educação Religiosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário