Barra de vídeo

Loading...

7 de jan de 2010

SEPARADOS PARA ESTE TEMPO...



“Fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus.(...) Sabe, porém, que nos últimos dias haverá tempos difíceis; pois os homens amarão a si mesmos, serão gananciosos, arrogantes, presunçosos, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem afeição natural ,incapazes de perdoar, caluniadores, descontrolados, cruéis ,inimigos do bem, traidores, inconseqüentes, orgulhosos, mais amigos dos prazeres do que amigos de Deus, com aparência de religiosidade, mas rejeitando-lhe o poder(...) Tu, porém permanece naquilo que aprendeste (...)prega a palavra, insiste a tempo e fora de tempo, aconselha, repreende e exorta com toda paciência e ensino (...)sê equilibrado em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista e cumpre teu ministério.”
(II Tm.2:1b,2:1-5,4:2,5)

Estamos diante de um texto que nos mostra a realidade do tempo presente, e é como se estivesse sendo escrito hoje... Mas, é assim mesmo... A Palavra do nosso Deus é viva! Ela nos confronta com a realidade contextual e nos remete a uma reflexão do desafio de ser igreja nos dias atuais. Temos sido bombardeados com notícias que retratam um quadro de dor e grande desolação, quantas lágrimas, quantas indagações em torno de situações que envolvem pessoas, famílias, comunidades inteiras em enfrentamentos diversos e difíceis...
E é para um tempo como este que fomos chamados. Entendo que seja um tempo, não para lamentarmos, ficarmos perplexos ou admirados, mas, um tempo de repensar nossos valores e atitudes nos posicionando como igreja viva do Senhor. Há muitos que estão ao nosso redor, sedentos de uma palavra de encorajamento, orientação ou alento; outros precisando de uma mão que o ampare; há também os que precisam de um ouvido que lhe permita expressar sua dor, inquietação, enfim, há uma diversidade de situações em que podemos ser agentes de transformação, como representantes do Reino do Deus vivo que anseia agir constantemente em nós e através de nós neste tempo histórico.
Concordo com o Pr. Bill Hybels, quando diz que “A igreja local é a esperança do mundo.” Isto é fato, porque é na igreja de Cristo que podemos experimentar plena restauração do ser humano. Cada um de nós é chamado a fazer diferença “como filhos de Deus irrepreensíveis, sinceros e íntegros no meio de uma geração corrupta e perversa, na qual devemos resplandecer como luminares no mundo.” Fil.2.15
A Palavra de Deus sempre nos confronta e precisamos ter a coragem de deixar que ela nos trate realmente, nos levando a uma mudança de atitude. Sabemos que nenhum de nós já se encontra na condição de ter “a estatura de homem perfeito em Cristo”, mas este deve ser o nosso ideal de vida como igreja de Cristo.
Podemos somar ou extrair forças junto ao Corpo místico de Cristo. Cabe a nós escolhermos que postura tomar. Mas entendo que este tempo nos desafia a somar forças, como um povo que se reúne buscando em Deus condições para lutar e se apresentar como povo santo e separado a fim de testemunhar do poder transformador do Evangelho de Cristo que é capaz de mudar mentes e corações, tornando o espaço em que vive um lugar que manifeste a glória de Deus e o seu imensurável amor. Seja este o ideal que norteie nossos pensamentos e ações no decorrer deste novo ano que se inicia!


Luciana Oliveira
Ministra de Educação Religiosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário