Barra de vídeo

Loading...

23 de jul de 2010

NÃO TEMOS PARA ONDE FUGIR

Estamos estudando hoje o Salmo 139 e quero compartilhar que este é o meu Salmo predileto que em várias circunstâncias da vida, tem sido o meu lenitivo e me ensinado coisas importantes para o meu viver. Nossa alma clama por Deus. Nós somos parte inseparável da sua estrutura e é maravilhoso pensarmos que em nada nos força ou constrange, todavia, enquanto estivermos separados Dele, haveremos de sofrer e angustiarmo-nos terrivelmente.

Conhecendo, por isso, nossa limitação, em apelos desafiantes o Senhor nos busca...esses apelos são fartos, espelham-se por toda parte. Cercam-nos por todos os lados. Espiam-nos de cima e se colocam onde nossos olhos os possam alcançar. São múltiplos, variados. No entanto, uma só maneira existe para respondermos a tais apelos: aceitar a comunhão e a vida que Ele deseja reatar. Cristo Jesus nos veio possibilitar essa religação pois ele é, a personificação mais sublime do amor do Pai e se fez o nosso Senhor e Salvador por causa desse amor. Não devemos resistir aos apelos do Senhor. Não deixemos sem respostas os seus desafios.

Somente em Deus, por intermédio de Jesus Cristo, auferiremos paz, tranqüilidade e felicidade!
Não temos para onde fugir do seu amor, nem esquivar-nos de sentir a Sua misericórdia.

O Salmista descreve nossa situação neste lindo Salmo - "Para onde me irei do teu Espírito, ou para onde fugirei da tua presença? Se subir ao Céu tu aí estás; se fizer no Seol a minha cama eis que tu alí estás também. Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, ainda alí a tua mão me guiará e a tua destra me susterá. Se eu disser: oculte-me as trevas; torne-se em noite a luz que me circunda; nem ainda as trevas são escuras para Ti, mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa." (v. 7-12).

Desse modo, o que nos resta fazer? não há como fugir, esconder-nos! Seu amor nos alcançará, embora Ele não nos forçe a aceitá-lo. Não nos constrange a acatar os seus desafios. Sabemos que nada nos pode ocultar Dele.

Nós, criaturas humanas, pensamos, sentimos, decidimos. Deus não nos obriga: ajuda. Não aceita nossa indiferença: desafia. Não nos constrange: ama.

Respondamos hoje afirmativamente. É a única e sábia atitude a tomar: consentir que Ele viva em nós, como disse Paulo depois de tanto fugir e relutar: "E vivo não mais eu mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do filho de Deus o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim." (Gálatas 2, 20).

Deus é amor, o verdadeiro amor que nos pode proporcionar paz, ventura e vida eterna ao Seu lado, no céu onde Cristo, o nosso querido e único salvador foi preparar-nos morada.

Aceite este desafio, viva para Deus e que Ele o abençoe! Amém!

Pr. Geovani Colares Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário